2 de março de 2016

ACOMPANHAMENTO DA SAFRA BRASILEIRA DE GRÃOS

v. 3 – Safra 2015/16, n 5 – Quinto levantamento, fevereiro 2016.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), com o acompanhamento da safra brasileira de grãos, procura oferecer informações e conhecimentos contextualmente relevantes para todos os agentes que estão envolvidos com os desafios da agricultura, da segurança alimentar e nutricional e do abastecimento.

O relatório foi construído de maneira a registrar e indicar variáveis que podem auxiliar na compreensão dos resultados da safra de grãos e que se inserem como parte da estratégia de qualificação das estatísticas agropecuárias, do processo de transparência e da redução da assimetria da informação.

A Conab, para a consecução desse serviço, utiliza métodos que envolvem modelos estatísticos, pacotes tecnológicos modais das principais culturas em diversos locais de produção, acompanhamentos agrometeorológicos e espectrais, a pesquisa subjetiva de campo, além de outras informações que complementam os métodos citados.

Nesse relatório, que aborda as informações da área plantada com as culturas de verão de primeira safra, que se encontram nas fases desde o desenvolvimento vegetativo ao início de colheita, no caso do feijão primeira safra, consta os resultados das pesquisas empreendidas pela Companhia no território nacional, indicadores econômicos nas áreas de crédito rural, mercado de insumos, custos de produção, exportação e importação, câmbio, quadro de oferta e demanda e preços, bem como informes da situação climática, o acompanhamento agrometeorológico e espectral e a análise de mercado das culturas pesquisadas.

É importante realçar que, a Companhia tem a característica de suprir suas atividades de levantamento de safra de grãos, com o envolvimento direto com diversas instituições e informantes cadastrados por todo o país.

Assim, os resultados ora divulgados devem ser registrados como esforço e colaboração de profissionais autônomos e técnicos de escritórios de planejamento, de cooperativas, das secretarias de agricultura, dos órgãos de assistência técnica e extensão rural (oficiais e privados), dos agentes financeiros, dos revendedores de insumos, de produtores rurais e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Registra-se nossos agradecimentos pela indispensável participação de todos.

Click  abaixo no link da CONAB, para  acessar o arquivo completo.

safra brasileira de graos

Deixe seu comentário

*